Poetic strategies for chatbots

  • Fábio Oliveira Nunes
Keywords: Digital conversation, Chatbots, Chatterbots, Web art

Abstract

Chatbots are programs that simulate conversations such as those hold between humans via the Internet. When the robot simulates a dialogue, it does not have access to the context of the content in question. It can carry out a conversation in an unnatural way. In the interest of producing artistic products based on these robots, we can think of these limitations as inspiration for a poetic strategy? This article therefore seeks to reflect on potential this medium approaching the web art work Mimo Steim (2012-2020) created by this author and artistic experiments in the project Automatos Poeticos (2016-2019), coordinated by Fabio FON and Soraya Braz.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Fábio Oliveira Nunes

Artista experimental e pesquisador voltado a linguagens contemporâneas, atuando sobre arte experimental, poéticas da visualidade e arte-tecnologia. É Doutor em Artes na Escola de Comunicações e Artes da USP com pós-doutorado em Artes no Instituto de Artes da UNESP, Mestre em Multimeios (Multimídia) na UNICAMP e Bacharel em Artes Plásticas na UNESP. É membro do grupo de pesquisa cAt: ciência/ARTE/tecnologia do Instituto de Artes da UNESP.

References

BARBROOK, Richard. Futuros imaginários: das máquinas pensantes à aldeia global. São Paulo: Peirópolis, 2009.

BORGES, Jorge Luís. Ficções. 7ed. São Paulo: Globo, 1997.

CLELAND, Kathy. “Talk to Me: getting personal with interactive art” in Interaction: systems, practice and theory. Sydney: University of Technology, 2004.

ECO, Umberto. Obra aberta. São Paulo: Perspectiva, 2001.

LAURENTIZ, Silvia. Pensamento conformado: experiência, sensações e cognição. In: DATJournal, Vol. 4 n°3. 2019. p. 76-85.

NUNES, Fabio Oliveira. A produção brasileira de web arte. In: CADERNO DA PÓS-GRADUAÇÃO. Vol.5. n°2. Campinas: Instituto de Artes/Unicamp, 2001. p.115-119.

NUNES, Fabio Oliveira. Conversação eletrônica nos trabalhos de arte e tecnologia. Texto Digital, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. 76-90, jul./dez 2013a.

NUNES, Fabio Oliveira. Provocações de agentes tecnológicos como artista. In: MEDEIROS, Afonso; HAMOY, Idanise (orgs.). Anais do 22º Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas "Ecossistemas estéticos". 1. Ed. Belém: ANPAP/PPGARTES/ICA/UFPA, 2013b. p. 2204-2214.

PLAZA, Julio. Arte e interatividade: autor-obra-recepção. In: ARS – Revista do departamento de Artes Plásticas ECA/USP Ano1, n° 2. São Paulo, ECA/USP, 2003. p. 09-29.

SEARLE, John, Mentes, cérebros e programas. In: TEIXEIRA, J.F. (org.), Mentes, Máquinas e Consciência: uma introdução à filosofia da mente. São Carlos, SP: Editora UFSCAR, 1997.

SILVA, Bento Carlos Dias da. O estudo Lingüístico-Computacional da Linguagem. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 41, n.2, p. 103-138, jun. 2006.

SILVA, Porfírio. Das sociedades humanas às sociedades artificiais. Lisboa: Âncora, 2011.

SODRÉ, Muniz. Eticidade, campo comunicacional e midiatização. In: MORAES, Dênis de (org.). Sociedade Midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, 2006. p. 19-31.

TUNING, Alan. Computing machinery and intelligence. [S.l.: s.n., 1950]. Disponível em: http://loebner.net/Prizef/TuringArticle.html. Acesso em: 20 de maio de 2012.

WEIZENBAUM, Joseph. O poder do computador e a razão humana. Lisboa: Edições 70, 1992.

How to Cite
Oliveira Nunes, F. (2021). Poetic strategies for chatbots. DAT Journal, 6(1), 35-48. https://doi.org/10.29147/dat.v6i1.322
Section
II Encontro DAT