Meanings in Men’s Classic Shoes

Authors

  • Abraão Gomes Lacerda Cavalcante
  • Wellington Gomes de Medeiros

DOI:

https://doi.org/10.29147/dat.v6i1.333

Keywords:

Product Design, Male Shoes, Meanings in Product, Meaningful Interaction

Abstract

This paper presents research on the interpretations of two age groups of men about classic male shoes. It describes the meanings associated with the products according to the pragmatic and emotional dimensions. The methodology included data gathering in two phases with questionnaires and interviews with 122 people. In the first phase, the meanings were classified according to the Meaningful Interaction model. In the second phase, correlations were established between the meanings and the tangible and visual attributes of the product. Ten models of shoes were displayed to the respondents. The results of Phase 1 identified 171 semantic values: 65% correspond to the emotional dimension, and 35% correspond to the pragmatic dimension. The Phase 2 revealed that the correlations between the meanings and attributes of the products refer mainly to shape, material and color. The study concluded that the meanings in men’s classic shoes arouse more associations related to emotional memory, tradition and cultural values of the respondents than the pragmatic qualities of the products

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Abraão Gomes Lacerda Cavalcante

Desenhista Industrial pela Universidade Federal de Campina Grande. Mestre em Design pelo Programa de Pós-Graduação em Design/UFCG. Especialista em Shoes & Bags – Design and Business pelo Istituto Europeo di Design. Atualmente é designer de calçados na Arezzo.

Wellington Gomes de Medeiros

Ph.D. em Design pela Universidade de Staffordshire, Inglaterra; Mestre em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul; e Graduado em Design pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor permanente e pesquisador no Programa de Pós-Graduação em Design da Universidade Federal de Campina Grande. Colaborador no Lab2Pt da Universidade do Minho/ Portugal. Foi duas vezes bolsista de Produtividade em Pesquisa (PQ) do CNPq de 2011 até 2020. Revisor de periódicos científicos e consultor ad hoc da FAPESP/SP. Coordenou a criação do Programa de Pós-Graduação em Design da UFCG, do qual foi coordenador até 2019. Desde 2018 é membro do Comitê de Assessoramento para a área de Design do CNPq.

References

ABICALÇADOS. Associação Brasileira das Indústrias de Calçados. Empresas associadas. Novo Hamburgo, 2015. Disponível em: <http://www.abicalcados.com.br/associe-se/>. Acesso em: 10 dez. 2015.

ANDRADE, Natalie Rodrigues Alves Ferreira de. O design de moda e o desenvolvimento dos calçados femininos no polo de Franca - SP. 2012. Dissertação (Mestrado em Design) - Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo, 2012.

BARBETTA, Pedro Alberto. Estatística Aplicada as Ciências Sociais. 6 ed. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2006.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BATEY, Mark. O significado da marca: como as marcas ganham vida na mente dos consumidores. Rio de Janeiro: Best Business, 2010.

BOSSAN, Marie-Josèphe. El arte del zapato. Madrid: Edimat Libros, 2007.

BRAGA, João. Prefácio. In: FELDMAN, Ricardo; CASTRO, Eliana. Sapato de mulher: um passeio pelo imaginário das brasileiras. São Paulo: Editora Livre, 2014.

BRAIDA, Frederico; NOJIMA, Vera Lúcia. Tríades do design: Um olhar semiótico sobre a forma, o significado e a função. Rio de Janeiro: Rio Book’s, 2014.

BUENO, Ricardo. A história do calçado no Brasil. Porto Alegre: Quattro Projetos, 2013.

BÜRDEK, Bernhard E. História, teoria e prática do design de produtos. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.

BUSSAB, Wilton de Oliveira; MORETTIN, Pedro Alberto. Estatística básica. 8. ed. São Paulo: Saraiva, 2013.

CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify, 2012. CHOKLAT, Aki. Design de sapatos. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2012.

COX, Caroline. Shoe innovations: a visual celebration of styles. New York: Firefly Books, 2012.

FECOMERCIO SP. Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo. Brasileiros gastam mais de R$ 22 bilhões em calçados. São Paulo, 2014. Disponível em <http://www.fecomercio.com.br/NoticiaArtigo/Artigo/13503> Acesso em: 23 fev. 2016.

HOPKINS, Jonh. Moda masculina. Porto Alegre: Bookman, 2013.

KRIPPENDORFF, Klaus. The semantic turn: a new foundation for Design. New York: Taylor & Francis Group, 2006.

MEDEIROS, Wellington Gomes de. Meaningful interaction a proposition for the identification of semantic, pragmatic and emotional dimensions of interaction with products. Stoke-on-Trent, 2007. 320p. Tese (Doutorado) - Philosophy Faculty of Arts, Media and Design Staffordshire University, Inglaterra, 2007.

MEDEIROS, Wellington Gomes de. Meaningfull Interaction with Products. In: Design Issues, v.30, n.3, Summer 2014. p.16-28.

NETTO, J. Teixeira Coelho. Semiótica, informação e comunicação. 7. ed. São Paulo: Perspectiva, 2007.

NIEMEYER, Lucy. Elementos de semiótica aplicados ao design. Rio de Janeiro: 2AB, 2013.

NOBLE, Ian; BESTLEY, Russell. Pesquisa visual: Introdução às metodologias de pesquisa em Design Gráfico. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2013.

How to Cite

Gomes Lacerda Cavalcante, A., & Gomes de Medeiros, W. (2021). Meanings in Men’s Classic Shoes. DATJournal: Design, Art and Technology, 6(1), 157–178. https://doi.org/10.29147/dat.v6i1.333